Jardinalidades: potencialidades do jardim como linguagem nas artes visuais | Gabriela Leirias


Gabriela Leirias[1]

 

Jardinalidades é uma plataforma de pesquisa e produção que discute arte contemporânea, natureza, terra e território. Contempla noções de jardinagem, cultivos, ações e interações com espécies de vegetais e práticas simbólicas que dela podem ocorrer, bem como, a criação de territorialidades e o potencial de intervenção nas dinâmicas urbanas. Investiga uma noção ampliada e problematizada de jardim, para além de espaços cerceados de cultivo e de controle, como um campo de relações do corpo com a terra, como modos de sociabilidade e de territorialidade. 

Constitui um campo de pesquisa em que cartografias moventes[2] orientam os percursos. São diferentes instâncias de pesquisa e curadoria experimentadas: mapeamentos, publicações, projetos de arte, intervenções no espaço urbano, laboratórios, exposição… Apresenta, portanto, experimentações que discutem cultivos, urbanismo, geografia, ecologia, política, pedagogia com uma diversidade de linguagens e suportes a partir da temática da interação com espécies de vegetais.

Em 2016 participamos da Revista ClimaCom[3] trazendo o percurso de então, cuja trajetória, iniciada em 2014 em Curitiba[4], se espraiava pela cidade de São Paulo, com ações no espaço público, encontros e laboratórios.

 

[1] Mestre em Artes pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo ECA/USP. Especialista em História da Arte Moderna e Contemporânea pela Escola de Belas Artes do Paraná EMBAP/PR. Graduada em Geografia pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas FFLCH/USP. Pesquisadora, educadora e curadora independente. E-mail: gabriela.leirias@gmail.com

[2] Aqui, a noção de cartografia refere-se tanto à cartografia como disciplina e linguagem, quanto como modos de visualidade de processos psicossociais, proposta por Deleuze e Guattari.

[3]  LEIRIAS, Gabriela; TEZELLI, Faetusa. Jardinalidades: jardinagem como prática artística e criação de territorialidades. ClimaCom – Territórios, Campinas, ano 3, n. 6, ago. 2016. Disponível em: http://climacom.mudancasclimaticas.net.br/jardinalidades-jardinagem-como-pratica-artistica-e-criacao-de-territorialidades/. Acesso em: 14 nov. 2022.

[4] Ver o projeto Jardinagem: territorialidade, temporalidade e ato político, com coordenação de Faetusa Tezelli, curadoria e mapeamento junto de Gabriela Leirias, pesquisa de Newton Goto. Disponível em: http://jardinagemterritorialidade.wordpress.com. Acesso em: 14 nov. 2022.

 

(Leia o ensaio completo em PDF).

 

Recebido em: 15/09/2022

Aceito em: 15/10/2022

 

 

Jardinalidades: potencialidades do jardim como linguagem nas artes visuais

 

RESUMO: O ensaio discorre sobre as ações do projeto Jardinalidades, uma plataforma de pesquisa e produção voltada à poéticas contemporâneas, ações artísticas e ativistas que se debruçam sobre as complexas relações entre natureza e cidade. Investiga noções de jardim que a arte contemporânea pode praticar, atuando num campo de experimentação que discute território, arte, política, natureza. Possui diferentes frentes e formatos de atuação, aqui enfocamos nas produções de artistas participantes da exposição Jardinalidades: poéticas sobre natureza corpo e cidade. Apresenta trabalhos de artistas envolvidos no projeto que constituem poéticas e políticas com espécies vegetais em diálogo com espaços e territorialidades. 

PALAVRAS-CHAVE: Jardinalidades. Arte contemporânea. Natureza. Terra. Territorialidade. Poéticas contemporâneas.

 

Jardinalidades: possibilities and potential of the garden as a language in the visual arts 

ABSTRACT: The essay discusses the actions of the Jardinalidades project, a research and production platform focused on contemporary poetics, artistic and activist actions that focus on the complex relationships between nature and the city. It investigates notions of garden that contemporary art can practice, acting in a field of experimentation that discusses territory, art, politics, nature. It has different fronts and formats of action, here we focus on the productions of artists participating in the exhibition Jardinalidades: poetics about nature, body and city. It presents works by artists involved in the project that constitute poetics and policies with plant species in dialogue with spaces and territorialities. .

KEYWORDS: Jardinalidades. Contemporary art. Nature. Earth. Territoriality.
Contemporary poetics.


LEIRIAS, Gabriela. Jardinalidades: potencialidades do jardim como linguagem nas artes visuais. ClimaCom – Políticas vegetais [online], Campinas, ano 9, n. 23., maio. 2022. Available from: http://climacom.mudancasclimaticas.net.br/jardinalidades/ ‎