Rés-do-chão | Adriana Lisboa, Graça Castanheira e Pedro Freitas

Título | Rés-do-chão

A série de vídeo-poemas surgiu de um desejo de realizar um trabalho coletivo que pudesse  trazer às pessoas, durante dez dias consecutivos de pandemia, uma breve janela de respiro, de folga, de compartilhamento. A escritora Adriana Lisboa e a cineasta Graça Castanheira, que se conheceram há alguns meses no Rio de Janeiro durante as filmagens de um dos episódios da série televisiva portuguesa “Herdeiros de Saramago”, encontraram nos vídeo-poemas um modo de trocar ideias transatlânticas – Graça em Portugal, Adriana nos Estados Unidos, onde vive – sobre a linguagem visual e verbal, e de que modo colocá-las em diálogo no contexto do trabalho de cada uma. Pedro Freitas foi convidado para cuidar do som, e o resultado final foram esses dez vídeos espalhados aleatoriamente na Internet, para que chegassem onde tivessem de chegar.


Ficha técnica 

Voz e poemas | Adriana Lisboa

Imagens | Graça Castanheira

Som | Pedro Freitas

 

 

01 – Paz

02 – Répteis

03- Espírito de porco

04 – Bandeira

https://www.youtube.com/watch?v=vMSiG7AB048&feature=youtu.be

06 – Avenida

07 – Aves

08 – Escondido

09 – Vento

10 – Rés-do-chão

 

LISBOA, Adriana; CASTANHEIRA, Graça; FREITAS, Pedro. Rés-do-chão. ClimaComFlorestas [online],  Campinas,  ano 7, n. 17. Maio. 2020. Available from: http://climacom.mudancasclimaticas.net.br/adriana-lisboa…itas-florestas/


 

SEÇÃO ARTE | FLORESTAS | Ano 7, n. 17, 2020

ARQUIVO ARTE |TODAS EDIÇÕES ANTERIORES