ANO 02 - N02 - "Adaptação" ISSN 2359-4705

CHAMADA | BUSCA E OUTRAS EDIÇÕES | ENGLISH


Succulenta

Título: Succulenta


Resumo: Ocupar o espaço com poesia e vê-la em seu fluxo de adaptação, na interação com o ambiente. Essa é a proposta da performance Succulenta, de Ludmila Santos, doutoranda em Ciências Sociais, na Unicamp, e pesquisadora do grupo multiTÃO. Succulenta esteve presente em Afetos Nascentes, evento que deu início às pesquisas e experimentações com o tema Adaptação, que propomos problematizar neste dossiê de ClimaCom Cultura Científica.


Poema e concepção: Ludmila Santos

Performance: Ludmila Santos e Mirna Rolim


 

 

 

Succulenta

Desidratada

Sedenta de palavra molhada
Seca a frase não diz
Coisa alguma
Ninharia de sentidos
Sentença rachada
No chão do significado árido
Oralidades, banalidades
Pouco a dizer
Se o termo é estéril
Ouvir é inútil
Carniça textual
Carcarás voam a míngua
Não há saliva na língua
Nada penetra a grossa camada
O sentido não vinga
Onde tantos às morrem de sede
Murchos, ávidos, pouco cálidos
Prefiro toda forma de expressão calada
E entre eu e o mundo: nada